2007-10-06

Dia 5

Dia 5:
Extraordinariamente o objecto não saiu do mesmo lugar…
Devo ter-me enganado…
Apanhei o errado…
Com certeza que sim…
Só hoje consegui encontrar o caminho… Também podia ter-se avariado a máquina que faz andar a película chamada sítio…
Estava sitiado… mas isolado… as pessoas fugiram todas de repente…
Dia 5.1:
Aqui nada se faz… nada se vê, ouve ou toca…
Talvez nada se cheire…
Aqui é o mundo do nada
Nada
Nada….
Nada

1 comentário:

Marisa disse...

... o nada pode ser o mais absoluto, o mais inteiro, o mais completo.


... o mundo exterior ao ser é só uma pequena parte do sentir..